Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter Voltas, adrenalina e emoção. Relembre os detalhes da montanha-russa Boomerang do Playcenter

Escrito por
Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

A montanha-russa Boomerang foi uma das atrações mais radicais que já passaram pelo Playcenter. Por isso, não podemos deixá-la de fora dos nossos #TBTs. Vem com a gente relembrar esse brinquedo que, além de toda sua adrenalina, também foi um cartão postal do parque.

 Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

Como tudo começou

Para a implantação da montanha-russa Boomerang, o parque realizou, na época, um investimento de mais de 4 milhões de dólares. Sendo fabricada no ano de 1997 e lançada em janeiro de 1998, a atração ficou no lugar que, até então, era ocupado pela antiga roda-gigante “Gigantona”. 

Ela logo se tornou um cartão postal e um ponto de referência para o paulistano, já que tinha uma vista bem privilegiada em frente à Marginal Tietê. 

Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

O projeto e desenvolvimento da montanha-russa Boomerang teve origem holandesa, por uma das empresas mais conhecidas em fabricação de montanhas-russas, a Vekoma

Já o modelo é um dos grandes sucessos da empresa. Mais de 50 unidades foram vendidas em todo o mundo por causa de seu projeto compacto, que ocupa uma área de 2.550 m² e proporciona muita adrenalina com três inversões. Sendo dois meios loopings, conhecidos como Cobra-roll, que juntos imitam um bumerangue e um looping completo.

As voltas da montanha-russa Boomerang

O seu percurso durava em torno de dois minutos e 30 segundos e o passeio era realizado pelo o comboio formado por sete carrinhos interligados com uma capacidade de até 28 visitantes. 

Tudo começava pelo carrinho sendo puxado de ré numa inclinação de 45º até o topo da rampa a uma altura de 38 metros. Quando era solto, ele realizava um trajeto de aproximadamente 275 metros a uma velocidade de até 75 km por hora, passando por suas inversões. 

E quando parecia que tinha terminado, a montanha-russa Boomerang fazia tudo novamente, mas de costas. Imagina ficar seis vezes de cabeça pra baixo? É muita adrenalina, né?

Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

Como a magia acontecia

Sua operação era formada por até cinco atendentes que, ao longo do dia, exerciam uma determinada função pelo período de uma hora até o final do expediente. Antes da abertura ao público, os atendentes faziam os primeiros procedimentos operacionais e de segurança da montanha-russa Boomerang, que era o checklist e a limpeza da atração.

Lembrando que a liberação da atração só poderia ser feita após a aprovação da equipe de manutenção que inspecionava a montanha-russa diariamente logo pela manhã, quando diversos testes eram realizados conforme o manual do fabricante.

Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

Várias cores, mas sempre a mesma emoção

Ao longo dos anos, a montanha-russa Boomerang passou por três paletas de cores. A da sua estreia, com os trilhos em laranja e os suportes em azul, permaneceu até meados de 2003. 

Logo em seguida passou a ter os seus trilhos na cor verde e os suportes em azul. Já em 2008, quando ganhou a sua última combinação, os suportes ficaram em vermelho e os trilhos com detalhes em amarelo.

Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

Hora de dar tchau

Sua despedida no Playcenter foi no dia 1 de abril de 2012. Apesar de ser o dia da mentira, foi real e bastante emotivo aos fãs do parque e da adrenalina. Atualmente a atração está deixando os costarriquenhos de cabeça pra baixo no Parque Diversiones, batizada com o nome de Búmeran.

E você, tem alguma lembrança bacana na montanha-russa Boomerang? Compartilhe com a gente em nossas redes sociais e aproveite para matar a saudade do antigo parque no Playcenter Family. 

Super-radical: conheça a montanha-russa Boomerang do Playcenter

Até o próximo #tbt!

Filipe Defacio
Marketeiro, social media e há mais de 25 anos entusiasta por parques de diversões, principalmente pela história do Grupo Playcenter.

Posts relacionados

TBT: As famosas Noites do Terror do Playcenter

Quem aí não sente saudades de quando chegava os meses de agosto e setembro, e começava aquela ansiedade, em não só de ouvir a famosa frase, “O Playcenter, orgulhosamente apresenta… Noites do Terror”,...

LEIA MAIS

TBT: As gostosuras da famosa praça de alimentação do Playcenter

Quando chegava a hora de repor as energias depois de ter brincado no Polvo, encarando as curvas alucinantes da Windstorm, o balanço do Barca Viking ou até mesmo o trânsito maluco do Auto...

LEIA MAIS

TBT: A nostalgia do mês das crianças no Playcenter

O mês das crianças já passou, mas nosso TBT de hoje chega com um pouquinho desse clima

LEIA MAIS

Deixe seu comentário

    Ir para o topo

    Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Clique em aceitar ou leia nossa

    política de privacidade.